03/07/2007

Dia de Meditação....

Estava meditando ontem sobre a fragilidade da vida. Nós parecemos ser tão fortes, tão certos do que queremos, e lutamos com unhas e dentes para atingir os nossos objetivos, que esquecemos de aproveitar as coisas simples da vida. Sim, isso mesmo, as coisas simples da vida.... Admirar um pôr do sol...escutar o barulho da chuva...ouvir o canto dos passaros...rir das travessuras de uma criança...observar o delicado voo de uma borboleta ou o despertar de um sonolento gatinho....... Ontem ao observar umas pessoas que estavam comigo no ponto de ônibus, ví que elas só queriam chegar em casa o mais rápido possivel. Umas reclamavam da vida, e de como o ônibus estaria cheio quando chegasse. Outras pareciam estar tão preocupadas com o que fariam quando chegassem em casa que nem piscavam.... Havia alguns alunos, também....que estavam muito estressados com uma prova que tiveram poucas horas antes..... Todos eles, pareciam levar uma vida normal, cada um apenas preocupado com os seus próprios problemas, pareciam até felizes por isso.... Mas aí eu pensei: De que adianta tudo isso??? Pra que se estressar antes do tempo???? Por que brigar por uma prova que já passou???? Pra que xingar o pobre do motorista que tem que aturar pessoas de todos os tipos o dia inteiro??? Sim tudo isso me parece não mesquinho, tão baixa diante da grandiosidade das oportunidades que a vida nos dá!!!!!! O mesmo tempo que demoramos para maltratar alguem, é o mesmo que gastamos para edificar, para ajudar, para ser gentis com outros..... O mesmo tempo que gastamos para reclamar da vida, é o mesmo que poderiamos usar para lembrar, ou pelo menos tentar observar as boas coisas que nos acontecem durante o dia.... E então ao receber a notícia de que um jovem de + ou - 20 anos faleceu após um horrivel acidente de carro, e após ter sido informado de que ele nunca mais poderia andar e abraçar algém (ele ficou tetraplégico), fiquei meditando sobre como a vida é frágil... sim ela é frágil....qualquer coisinha pode tira-la de nós..... A ainda assim existemo pessoas que estão tão estagnadas nas suas vidinhas medilcres que nem se dão ao trabalho de olhar ao redor.... Fico pensando: E se elas morrerem tbm??? O que fizeram com suas vidas???

2 comentários:

Mokitty disse...

Muito bem meditado, Mel!
Concordo com você.
A notícia sobre a morte do rapaz foi muito chocante e nos faz pensar que precisamos levar a vida mais no bom sentido do que perder tempo em nos desgastarmos. Aproveitar aquilo que é simples, mas que trás verdadeira felicidade, para não nos arrepender mais tarde!
Por que como eu gosto de dizer: "a gentileza é a chave" - tudo o que a gente quer podemos conseguir se usarmos da gentileza! :)

Kyamel disse...

É o que eu acho também....
Acho que todos devemos parar de vez em quando e meditar nas coisas boas que ocorrem conosco.
O que me deixa chateada, é que as pessoas em geral só reclamam, de tudo, mas esquecem de agradecer pelas coisas boas que ocorrem diariamente em suas vidas....